22 de dez de 2011

Dilma nega fim do mundo diferenciado ao Acre


Rá! Mais uma prova de que os governantes mundiais estão por dentro do fim do mundo! Dossiês secretos e reuniões de cúpula devem rolar a rodo (será que servem caviar?), enquanto nós, pobres mortais, somos distraídos com pão e circo. Entre tantas questões importantes para uma presidente se preocupar, por que justo se debruçar sobre uma mera pauta de fuso horário? A resposta é simples.

O Brasil, por ser um país de proporções generosas (e frequentar lojas de tamanhos especiais), tem muita troca de horário de uma ponta à outra. Na iminência do fim, Dilma Rousseff quer garantir que os brasileiros encontrem o seu derradeiro destino NA MESMA HORA. A regra é clara: vamos todos nos dar as mãos. E esperar... Não seria justo se os acreanos ganhassem uma hora de vida a mais. Afinal, esta bagunça ainda é uma democracia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário