30 de dez de 2011

Isto é o Fim: Simuladão Fim do Mundo 2011


É o fim. Não do mundo (ainda). Mas do ano de 2011. Fim de ano é momento de fechamento: de ciclos, de etapas e dos caixas automáticos, justo na hora em que você precisava sacar vinte reais. E o que fazemos nesta ocasião? Soltamos foguetes? Enchemos a cara de espumante? Vestimos lingerie colorida em prol das mais diversas simpatias? NÃO!!!!

Fim de ano é o momento certo para fazer o Simuladão Fim do Mundo e treinar para o vindouro evento que acabará com tudo. Afinal você não acha que viverá para se encontrar com 2013, né? Vai por mim, os maias estão trabalhando com afinco para o Apocalipse não falhar.

O fim do mundo não terá replay, portanto, para não fazer feio, é melhor ensaiar diretinho. Sendo assim, neste dia 31, ao invés de nos empanturrarmos de uvas e lentilhas pulando meia dúzia de ondas (isso não é o cenário da congestão?), vamos simplesmente nos dar as mãos. E esperar.

Nos falamos em 2012! Feliz Ano Novo Final!
Com carinho, Mondo Kaputz

29 de dez de 2011

Mondo Retrô: a negação de Gloria



Nos anos 70, a disco music foi a trilha sonora de um movimento cultural hedonista que negava as evidências do fim do mundo. O lema da época era "só o lurex salva", o globo de espelhos simbolizava um mundo que seguiria rodando a despeito de profecias e a discoteca escolheu como sua porta-voz a petulante Gloria Gaynor.

Gloria não se conformou em apenas lançar hits dançantes escapistas para uma geração sedenta de prazer e purpurina. Ela afirmava em suas músicas que não tinha medo do Apocalipse. Em I will survive ("eu vou sobreviver" para monoglotas), a diva, em tom desafiador, dizia bancar o fim do mundo e viver pra contar história. Não satisfeita, ela ainda baniu o conceito de despedidas em Never can say goodbye ("Nunca posso dizer adeus" para monoglotas).

Este quadro irreversível de negação em relação ao fim do mundo teve um grande efeito colateral na civilização. E, assim, a sociedade acabou enfrentando o colapso do bom senso nos anos 80, com a supremacia do laquê e da ombreira. Poxa, custava aceitar o fim? Olha no que deu...

Nos dias de hoje, com o passar dos anos, resta perguntar: Gloria Gaynor ainda acha que vai sobreviver? Ela ainda não está pronta para dizer adeus? Enquanto a musa das pistas não se pronuncia, vamos nos dar as mãos. E esperar.

28 de dez de 2011

Fin del mundo


Coincidência? Claro que não! É apenas mais um indício de que o fim do mundo é uma conspiração da sociedade secreta dos maias (vulgo máfia) para acabar com o mundo no final de 2012. Se o Trópico de Câncer é no hemisfério norte, por que o câncer veio se alastrar justo no Trópico de Capricórnio? E por que justo nos líderes de las naciones? ("das nações" para monoglotas).

E se este atentado radioativo pontuado a presidentes cucarachas se tornar um ato terrorista generalizado? Você, que é só um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco, vai se perguntar: como se preparar para a investida cancerígena do fim do mundo? A resposta é simples: filtro solar. Passe todos os fatores de proteção. Ao mesmo tempo. Comece com o 15 e vá até o 60. E depois vista um sobretudo (mesmo agora no verão). Não tire o óculos de sol nem para dormir. E sandália está fora de cogitação: use galochas.

Pode parecer um crime contra a vaidade andar deste jeito, mas não será o fim do mundo. Quer dizer... Será, mas só no final de 2012. E nós estaremos lá, com tudo em cima, inteiros e esperando de mãos dadas. Deletados, mas não acabados!


27 de dez de 2011

Máfia maia: a verdade por trás do mito


Avançada tribo da Antiguidade depauperada pelos espanhóis? Não! Os maias são, na verdade, uma sociedade secreta atuante que tem por único objetivo promover o fim do mundo através de um calendário. Igual à maçonaria, só que mais rock'n'roll.

Os maias operam em escala mundial de forma discreta: cargos do governo, bolsa de valores, bancos, hospitais, seitas religiosas, padarias, bordéis e franquias do McDonald's. E como eles se reconhecem? Simples, basta estar atento aos sinais. Como, por exemplo, este restaurante visivelmente ligado à máfia maia, usando um sugestivo nome para despistar leigos.

Para completar, o slogan "assados para levar" entrega que o fim do mundo se dará em uma explosão que vai queimar toda a vida no planeta, levando as almas tostadas para um novo plano. Acompanha vinagrete?

26 de dez de 2011

Fim do mundo: quando? Quando?? QUANDO!!???


Não acreditar no fim do mundo não significa que ele não vá acontecer. E o pior: viver em negação só vai piorar as coisas. Imagine que o Apocalipse é igual àquele namorado galinha que você teve no ano passado: a sacanagem rolando solta e a parte interessada (sim, você, sua toupeira) foi a última a saber. Quando ficou sabendo, já era tarde. Foi bom pra você? Não, né.

O fim do mundo é assim: melhor encarar desde cedo a encrenca para não ter surpresas desagradáveis depois. Vá que acabe de repente e não dê nem tempo de passar o filminho de sua vida na cabeça... A gente não sabe o dia de amanhã (só o depois de amanhã: kaputz!).

Portanto, quem avisa amigo é: acompanhe todas as evidências mostradas aqui, no Mondo Kaputz, e esteja preparado para tudo. Ou melhor, o fim de tudo. Quando isso vai ser? De acordo com os maias, será no final de 2012. Como vai ser? Estamos trabalhando para descobrir esta informação. O importante agora é nos darmos as mãos. E esperar.

24 de dez de 2011

Apologia ao fim: Rihanna incorpora os mortos


Beetlejuice, é você??? Não! É apenas o novo vídeo da cantora Rihanna em que aparece brincando de "Os fantasmas se divertem". Para a festa ficar completa só faltou a presença de Gasparzinho e Geléia. Como o Halloween já passou, só existe uma explicação lógica para toda esta palidez etérea mostrada no videoclipe... Anemia? Não!!!

Miss Barbados barbarizou e saiu na frente para lucrar com homenagear o fim do mundo. Tomou uma surra de talco e começou a perambular por ambientes ermos (reparem que não há uma viv'alma em todo o vídeo). A fumaça saindo de sua boca  é uma forte alusão à desencarnação. A mensagem, assim como a maquiagem, é clara. E a pergunta que não quer calar: será que existe Youtube no Umbral? Vamos lançar a campanha Fim do Mundo Wireless Já!

23 de dez de 2011

Mondo Fitness: o músculo do tchau

Okay, você assumiu sua folhinha do calendário maia (pendurou ao lado da geladeira). Se convenceu de que o fim do mundo está realmente próximo. Organizou os preparativos da contagem regressiva... Mas, peraí... Você vai ficar aí sentado neste sofá, todo deprimidinho, jogado às moscas, bebendo uísque no gargalo? Sem chance, amoreco! Vamos nos mexer já.

Você precisa entender que o Apocalipse é como o baile de debutantes da sua filha: um momento único. E para tanto é preciso estar preparado para recebê-lo com tudo em cima. Sendo assim, uma rotina de exercícios é fundamental. E o mais importante: escolher a modalidade certa.

Com a chegada do fim do mundo, o tríceps, mais conhecido como o músculo do tchau, terá um grande papel a ser exercido (ou você vai bancar o antipático e terminar sozinho?). A hora é agora de colocar esse cotovelinho pra suar! Tchauzinho de Miss é coisa do passado. A tendência para este hecatombe é uma abanada firme e vigorosa, de uma pessoa que encara o fim do mundo de frente. Um braço bem condicionado é importante inclusive na hora de nos darmos as mãos. E esperar.

Top 5 Kaputz Começo do Fim: Adeus, 2011!


Mondo Kaputz nem bem começou e o ano já terminou. Será isso um sinal? Nossa bancada de análises apocalípticas investigará esta informação... Enquanto isso, fiquem com o nosso primeiro Top 5 Kaputz Começo do Fim que traz as mais claras evidências de que o mundo está com os dias contados. Preparados para a contagem regressiva? Então vamos lá, começa no 5!

05) Gal e Caetano fazem disco eletrônico
Dois medalhões da música brasileira pedem licença à nova geração (essa que prefere copiar homenagear a tropicália) e reaparecem com um disquinho vonkz-vonkz. Sim, temos um bom motivo para acreditar que o mundo vai acabar. Se as novas promessas da MPB só prometem música de brechó, como fica esta bagunça quando os próprios tropicalistas abraçam a vanguarda? Isso é um forte sinal do começo do fim. Fim. Fim. Fim. Fim. Vonkz-vonkz-vonkz-vonkz.
 04) Cutucar no Facebook
A cutucada do Facebook é o equivalente virtual ao gatilho do gene envelhecimento nos seres humanos: morte lenta! Especialistas creditam o ato de cutucar no Facebook a uma involução dos costumes sociais. Ao invés de cumprimentar verbalmente, as pessoas se "cutucam" como faziam os ancestrais da Era do Gelo. E como toda involução é uma contagem regressiva, temos aí um forte indício de que estamos caminhando para o final.
 03) Emagrecimento do Faustão
Operação de redução do estômago é apenas a versão oficial dada pela mídia para explicar o brusco afinamento sofrido pelo animador televisivo dominical. O real motivo? A depressão profunda! Quando Faustão se deparou com evidências cabais de que o mundo vai acabar mesmo em 2012, ele simplesmente perdeu o apetite e o apreço pela vida. Será que ele dará algum alerta vermelho no seu programa? O fim do mundo começará no domingo?
 02) Saída de Fátima Bernardes do JN
A saída da âncora do maior telejornal brasileiro está cercada de mistérios. Estafa emocional? Crise conjugal? Desejo de novos desafios? Nada disso! Fontes fidedignas afirmam que, um belo dia, ao revisar a pauta do programa, Fátima esbarrou em três dossiês com dados alarmantes sobre fim do mundo. Em posse destes três segredos, Fátima pretende fugir do país e negociar as informações com a CIA em troca de alguns privilégios para a chegada do fim.
01) Neymar garoto-propaganda de cueca
Em vista deste fato, muitas questões carecem de resposta. Onde foi parar o último dos galãs? Modelos estão em extinção? Foram os primeiros a padecerem ao fim do mundo? Esgotou a fonte de matéria-prima de reality shows? Moicano com balaiagem é o novo chamariz sexual masculino em tempos incertos? Se até mesmo a propaganda nos dá indícios de que o fim do mundo está chegando, quem somos nós para duvidar?

22 de dez de 2011

Isto é o Fim: gato paranormal hipnotiza bebê!



Na sessão Isto é o Fim  de hoje, uma evidência cabal do fim dos tempos: depois de milênios se sujeitando aos desígnios da humanidade, os animais de estimação finalmente colocam as manguinhas de fora (eles sempre odiaram roupinhas de pet shop) e mostram a sua verdadeira missão: a de preparar os seres humanos para o fim.

Neste registro extraordinário, com exclusividade para a Internet, vemos um gato mediúnico usar seus dons psíquicos e acalmar um bebê que sofre de um misterioso ataque de pânico. O pimpolho só precisava se situar em que dia do mês estava, foi atrás de um calendário, pegou o maia por descuido (ao invés do convencional com fotos de paisagem) e se deu conta que o fim do mundo está muito próximo.

Eis que o intrigante felino entra em cena. Um sofisticado scanner de atividades extrassensoriais revela a mensagem do gato: "calma, pequeno humano, não lute contra o inevitável. Chegará para todos". Reparem que a expressão desolada do infante se transforma na mais pura calma de espírito.

Portanto, não se faça de rogado. Tem um cachorro? É o momento certo de conversar com ele. Fale com o seu peixinho dourado, com a seu ratinho... Troque uma ideia com a sua periquita. Se tiver um pintinho, dê mais atenção a ele. Só assim você estará pronto para enfrentar o dia de amanhã.

Dilma nega fim do mundo diferenciado ao Acre


Rá! Mais uma prova de que os governantes mundiais estão por dentro do fim do mundo! Dossiês secretos e reuniões de cúpula devem rolar a rodo (será que servem caviar?), enquanto nós, pobres mortais, somos distraídos com pão e circo. Entre tantas questões importantes para uma presidente se preocupar, por que justo se debruçar sobre uma mera pauta de fuso horário? A resposta é simples.

O Brasil, por ser um país de proporções generosas (e frequentar lojas de tamanhos especiais), tem muita troca de horário de uma ponta à outra. Na iminência do fim, Dilma Rousseff quer garantir que os brasileiros encontrem o seu derradeiro destino NA MESMA HORA. A regra é clara: vamos todos nos dar as mãos. E esperar... Não seria justo se os acreanos ganhassem uma hora de vida a mais. Afinal, esta bagunça ainda é uma democracia.

21 de dez de 2011

Mondo Retrô: Ace of Base - The Sign


A farofa sueca Ace of Base ("ás básico" para monoglotas) também acreditava no fim do mundo. Quem entrou em coma em 89 e só acordou com o gargarejo da Christina Aguilera no Séc. XXI, e não sabe de quem se trata, aqui vai um breve histórico. Com a ascenção da cultura do remix, a Suécia resolveu criar uma releitura genérica de suas estrelas maiores, o ABBA. Nada mais precisa ser dito.

Neste documentário musical entitulado "The Sign" lançado em 1993, o quarteto de fofuras alega ter visto o sinal. Não há indícios que comprovem a conexão de vikings com a cultura latino-americana pré-colombiana, mas tudo leva a crer que, além de fomentarem o sucesso da Jovem Pan nos anos 90, o Ace of Base estava mandando uma mensagem decodificada para as massas a respeito do fim do mundo.

Um forte indício desta teoria é a volta do grupo em 2010. Estariam eles se preparando para a inevitável contagem regressiva? Enquanto isso, vamos escutar o The Best of Ace of Base. Nos dar as mãos. E esperar.

Namíbia é a bola da vez


Ora bolas! Não foi Argentina, nem Alemanha, muito menos França. Sequer deu Brasil-sil-sil... Não teve pra ninguém. Na disputa para sediar o fim do mundo, quem saiu na frente foi a Namíbia!

Não, Namíbia não é o nome daquela moça sorridente do caixa do supermercado. Pra quem cabulou aula de geografia e foi paquerar no coreto da praça, Namíbia é um país que fica na costa atlântica do continente africano. Tipo, se você descer pra Santos (ou Guarujá se preferir), entrar no mar e sair nadando em linha reta vai dar na Namíbia!

Conforme amplamente divulgado por portais de conteúdo, os namibianos estão se mostrando fortes competidores. Correndo na frente com folga, o país africano marca uma boa pontuação com posse de bola. No caso, uma bola misteriosa que caiu do céu. Um claro sinal de que o Apocalipse pode começar na África. Será que vai dar zebra no final de 2012?

20 de dez de 2011

Florence Welch, a diva do Mondo Kaputz


Deve existir alguma explicação para morenas serem tão misteriosas, loiras tão... hã... loiras e grisalhas tão corajosas. Mas nenhuma delas chega aos pés da intuição extrassensorial das ruivas. Basta analisar as acerolas da música. Annie Lennox, nos anos 80, já conversava com anjos que brincavam com o seu coração. Madonna, bipolar (loira, morena, loira, morena...) um dia ficou ruiva e tropeçou na Kaballah. Tori Amos até disfarça, mas não bate bem. Rita Lee, nossa representante nacional, é hors concours. Até que chegou Florence Welch.

Sem tempo para sutilezas, ela banca o fim do mundo com tudo dentro! Neste vídeo elucidativo, vemos a beldade terracota (com a ajuda de duas smurfetes misteriosas) botando a galera pra correr, inclusive os cachorros, e anunciando a chegada dos quatro cavaleiros do Apocalipse.

Esta ruivinha simpática conquistou o status de diva do Mondo Kaputz porque espera o fim do mundo de braços abertos! Enquanto a maioria das estrelas de plantão (morenas, loiras, carecas e cartela de perucas) articulam suas dores de cotovelo, Florence and (sua banda) The Machine prepara a humanidade para o inevitável. Escutando essa faixa incrível, vamos todos nos dar as mãos. E esperar.

19 de dez de 2011

Como antecipar o fim do mundo: família

• Diga à sua mãe que a sua namorada é a mulher mais incrível do mundo. Depois se corrija: diga que é do universo.

• Arranje um namorado que torça pelo time rival ao do seu pai. E, mesmo que nunca tenha gostado de futebol, vá ao estádio com o seu amorzinho. Com o carro do seu pai.

• Dê roupas de presente para o seu filho de sete anos. Ao invés de tênis, prefira sapatos.

• Dê brinquedos de presente para o seu filho de dez anos. Escolha algum educativo.

• Faça amizade com os amiguinhos do seu filho de 16 anos. Convide-os para ver aquele álbum de fotografias de quando o seu filhote era um bebê gordinho e chorão. Mostre o umbiguinho seco de recordação.

• Encontre o diário secreto de sua irmã de doze anos. Faça bigodinhos de hidrocor em todas as fotos. Transforme o conteúdo num blog.

• Use o computador do seu irmão nerd. Troque o wallpaper do The Walking Dead pelo das Meninas Superpoderosas. Apague a pasta de downloads sem querer.

• Em nome de uma causa nobre, solte da gaiola o casal de periquitos de estimação do seu avô. Aqueles que ele ganhou da sua falecida avó.

• Aproveite a Ceia de Natal com toda a família reunida e saia do armário. Mostre com orgulho a aliança de compromisso que você ganhou do seu amorzão trinta anos mais velho. Agradeça à sua tia solteirona pela inspiração.

Tipos apocalípticos: o portador de TOC

De todos os tipos com faro para o fim do mundo, o portador de TOC é o que merece mais destaque. Sua crença na perdição é mais do que simplesmente teórica. O hecatombe é vivido em toda a sua plenitude! Que bomba nuclear o quê! O simples ato de vestir uma calça marrom pode desencadear a inexistência! E pode ter um milhão de amigos, que nenhum vai entender... A parcela leiga da sociedade costuma julgar mal a pessoa com TOC, enxergando apenas alguém cheio de manias. Ninguém se dá conta que está diante de um verdadeiro oráculo do saber, guiado por uma força estranha que o leva a cantar. Afinal, o mundo pode acabar, mas é preciso saber viver.

Dicas  de como adiar o fim do mundo através do TOC:

• Lave suas mãos a cada meia hora. Você acumulará tanto sabonete no corpo que diminuirá o impacto de detergentes na natureza. O mundo agradece.

• Eleja uma cor para usar obsessivamente e outra para evitar compulsivamente. O mundo anda tão cinza, tão bege, tão nude... E estudos já confirmaram a contribuição da cromoterapia para uma vida mais saudável. É o momento certo de dar vazão ao seu lado cor-de-rosa com fé!

• Evite números ímpares. Ou pares. Ou primos. Não importa a categoria numérica, o importante é implicar com alguns números. Este exercício é FUN-DA-MEN-TAL para desorientar a contagem regressiva dos maias e dar um perdido no fim do mundo.

• Ao sair de casa, volte sempre para conferir se chaveou a porta. Ou se trancou o carro. Ou se fechou a janela. Ou se desligou a luz... Enfim, o importante é retornar. Afinal, "voltar atrás" é sinônimo de maturidade, afirmam psicólogos. Se precisar voltar mais de uma vez, faça sem escrúpulos. O máximo que pode acontecer é o porteiro do seu prédio desconfiar que você está dando lance. E isso não é o fim do mundo.

• Organize e reconte à vontade! Vá visitar aquela sua tia carente e organize a coleção de Revita Caras que ela guarda desde a primeira edição. Ainda vai ganhar café com bolinho de chuva! Pra que se desfazer de coisas velhas? Só vai dar mais trabalho ao Wall-e depois que tudo acabar.

Lana Del Rey acredita no fim do mundo


"Pés não falhem agora. Levem-me até a linha de chegada". Hmmm, cheirinho de apocalipse no ar! Não é à toa que Lana Del Rey é a nova diva dos antenados (leia-se antenados com o fim do mundo). O primeiro vídeo oficial da musa do feirão de carros usados se chama "Born to Die". A mensagem não poderia ser mais clara. Ela nem ao menos disfarça seu desalento! Reparem na sua perfomance sôfrega e derrotada. Onde será que ela arranja forças para cantar? Antidepressivos? (O efeito dos remédios explicaria a escolha do chapéu de flores).

Outra evidência de que ela não está sabendo lidar com a chegada do juízo final é o acentuado grau de bipolaridade: alternando negação e luxúria com o coadjuvante tatuado e a busca por expiação divina, dentro da igreja. Os tigres devem ser algum tipo de plano B, caso Deus não apareça para buscá-la. Não que isso vá funcionar, visto que os pobres animais, por instinto, sabem que o mundo vai acabar e, acuados, perdem o apetite.

18 de dez de 2011

O fim do mundo está próximo!

O fim está próximo! O calendário maia alega que o mundo vai acabar em 21/12/12. Se o Tim Maia sabia de algo, levou pro túmulo. Já Wolf Maia, Maria Maia e Mayara Magri foram procurados, mas não quiseram se pronunciar. Para sanar este mistério e outras profecias é que entra em cena MONDO KAPUTZ: um compêndio de evidências que sinalizam o começo do fim. Afinal, conspirar não é lá o fim do mundo... (Ou será que é?)